Hoje nós vivemos em um mundo muito competitivo, onde há uma intensa corrida para ser o mais inteligente e estar melhor preparado. E nessa corrida desenfreada pelo crescimento, muitas vezes nos desconectamos do nosso corpo, das nossas sensações e emoções.

Estamos perdendo a conexão com os nossos sentimentos, intuições, emoções e experiências que são fundamentais em nossas vidas. E quando isso acontece, é bastante perigoso.

No momento em que não escutamos mais nossas intuições e emoções, passamos a tomar decisões que não são nossas, prestamos atenção no que não nos interessa de verdade e, o pior, podemos nos perder no caminho.

Não, eu não vivi no Tibete, não frequentei mosteiro, não dei a volta ao mundo tendo experiências divinas, não meditei por dias para achar meu propósito e não tenho nenhum bestseller. Mas já me senti infeliz, sem objetivo e sem rumo. E foi me questionando e lendo muito que enxerguei que havia algo errado comigo: eu não estava sendo realmente EU, eu estava me tornando o que esperavam que eu fosse.

Então, De agora em diante, eu espero que as histórias e os textos que encontrarem aqui, lhes tragam reflexões e insights para você se tornar, cada vez mais, uma pessoa mais feliz e otimista.

Marcelo Dieguez.

Assine nossa newsletter para receber nossos conteúdos em primeira mão!

© 2020 by @marcelodieguez.